sexta-feira, 18 de março de 2011

A revolução do internetês

Internetês

Na ponta do teclado, o internetês dá nome a um conjunto de abreviações de sílabas e simplificações de palavras que leva em conta a pronúncia e a eliminação de acentos.

Por Silvia Marconato


           Vc jah viu exe tipo de texto? Pois eh, ixo eh o internetes... ou melhor, o internetês. Essa forma de expressão grafolingüística explodiu principalmente entre adolescentes que passam horas na frente do computador no Orkut, em chats, blogs e comunicadores instantâneos em busca de interação - e de forma dinâmica.




No Brasil, um batalhão de 15 milhões de usuários troca 500 milhões de mensagens por dia por meio do Messenger (MSN), o comunicador instantâneo da Microsoft.

- O brasileiro adere fácil à tecnologia; é um povo muito aberto à comunicação - explica Priscyla Alves, gerente de produtos, comunicação e marketing para Brasil e América do Sul da Microsoft.
O Ibope/NetRatings divulgou em janeiro que o internauta brasileiro continua sendo o campeão mundial da navegação, com uma média de 17 horas e 59 minutos, deixando para trás Estados Unidos, Japão e Austrália. Essa ansiedade do brasileiro por contato já foi alvo de estudo de Anne Kirah, uma antropóloga americana que vive em Paris e ajuda a Microsoft a desenvolver produtos.
Numa de suas pesquisas, Anne conviveu por semanas com famílias de adolescentes brasileiros. Chamou sua atenção a tendência de o interneteiro no Brasil ter, em geral, permissão para sair só uma vez por semana. A antropóloga concluiu que o nosso adolescente usuário do computador faz das ferramentas on-line uma extensão da vida social. Na frente do monitor, marca encontros, mantém viva a emoção do fim de semana e estreita laços com novos amigos.
A linguagem que pontua tal dinâmica social é o internetês. Integrados à tecnologia e com acesso fácil a computadores e conexões de banda larga (62% dos nossos internautas a usam), os jovens buscam respostas rápidas, proximidade com seus interlocutores e nutrem a expectativa de aproveitar cada momento de diversão. A ansiedade por contato teria estimulado, assim, o hábito de escrever mensagens e a busca de novas formas de expressão ligeira e funcional. No pacote, vieram a simplificação da linguagem e a farta eliminação de vogais.

Você acha que devemos usar o internetês nas atividades escolares no meio virtual?

11 comentários:

  1. eu acho que nao devemos usar o internetes nas atividades escolares porque as atividades escolares sao feitas para aprender nao par a faser o uso de internetes (blz,q pq vc etc

    ResponderExcluir
  2. Bom, eu acho que não devemos ficar usando muito a língua "internetês", por que, em vez de ajudar, vai prejudicar de mais. Muitas pessoas que usam a língua da internet são prejudicadas em provas, concursos e ou vestibulares. Eu mesma não sou apoio esta lingua. Eu prefiro digitar corretamente, por que acaba acostumando a escrever errado. Eu ja escrevi muito "errado" [lingua da internet]. E isso ja me prejudicou de mais, por isso que eu aconselho a vocês não usarem de mais essa lingua, por que vicia e é difícil de mais de tirar. Beijos .

    ResponderExcluir
  3. Gostamos muito da linguagem do internetês !!!!!
    Mas é uma pena que nao é uma linguagem formal, e não o usamos em todos os momentos da nossa vida .

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que nao devemos usar o internetês nas atividades escolares porque isso pode nos prejudicar em aprender corretamente o portugues.com isso agente acad=ba usando essas palavras no dia-a-dia.

    ResponderExcluir
  5. Acho que nao devemos usar o internetês,isso iria nos atrapalhar no nosso desenvolvimento escolar.

    ResponderExcluir
  6. e bom para o pc mais nas provas e que da errado

    ResponderExcluir
  7. Bom,na minha opinião, acho que devemos escrever na linguagem normal na escola,mas fora da escola é outra coisa,podemos escrever como quisermos.

    ResponderExcluir
  8. raphaela e gabriela24 de março de 2011 03:58

    sim por que e um meio melhor de se comunicar com as pessoas em sala de aula.

    ResponderExcluir
  9. eu,acho que as pessoa deviam escrever corretamente

    ResponderExcluir
  10. Concordo totalmente com vocẽ Matheus

    ResponderExcluir